Estrela do Mês de Maio

Dário Costa – Cozinheiro do Madê Cozinha Autoral

Como você conheceu a escola?

“Cheguei até a Escola de Confeitaria por indicação de amigos da área que elogiaram muito o trabalho do Diego Lozano, mas também já acompanhava o trabalho dele pelas Redes Sociais. Também procurei a Escola, porque sempre tive uma deficiência muito grande com confeitaria e neste ponto foi essencial. Minha passagem pela Escola teve um antes e depois. Aprendi muito sobre as bases técnicas das receitas tradicionais que eu não tinha controle e que me fizeram uma grande diferença.”

As expectativas de vocês foram atingidas?

“A parte técnica, os professores foram muito bons. Super didáticos, passaram as bases técnicas de uma maneira muito fácil. Até hoje tenho as receitas básicas gravadas na minha cabeça por conta do que eles me passaram.”

Vocês recomendariam a escola?

“Super recomendo a Escola de Confeitaria Diego Lozano. Para mim, sem dúvida, teve o antes e o depois, principalmente na época do programa Master Chef. A apostila da Escola foi a minha bíblia, porque eu não tinha muito experiência em confeitaria e vivia com apostila debaixo do braço gravando as bases. Foi essencial mesmo.”

Das receitas que aprendeu na Escola, você incluiu alguma no cardápio do seu restaurante?

“Os macarons a gente serve aqui, tartellete de chocolate, é uma das nossas campeãs no restaurante. A base da torta com a patê sablée de chocolate e a massa de chocolate é idêntica a da apostila. Só as frutas vermelhas faço diferente. E o bolo de laranja é outra receita campeã no restaurante que veio da escola, o qual não vai farinha de trigo e tem como base estrutural a pectina do bagaço da laranja. Sem dúvida numa visão geral o doce mais pedido e de maior maior sucesso é a tartelete de chocolate. Faço também uma torta de banana com base de pâte sablée de amêndoas,que é um grande sucesso também!”

Quais as referências ficaram da escola no dia a dia no negócio?

“A principal referência que ficou é que confeitaria é paciência, organização, limpeza e concentração. Se você começar assim é um grande passo e o restante é experiência, fazendo no dia a dia.”

Deixe um comentário